A Plataforma Anarquista


Convidamo-lo a ler os pontos da 'Plataforma Anarquista' abaixo, e se concordar com eles, a inscrever-se na lista de discussão anarquista internacional 'Anarchist Platform'. Se achar que só concorda parcialmente com esses pontos, convidamo-lo a inscrever-se na AP_discuss.

Os pontos da 'Plataforma Anarquista' abaixo estão seguidos de instruções para se inscrever nessas listas.

Preâmbulo

Plataforma Anarquista

Os pontos da plataforma anarquista surgiram de discussões entre o Movimento de Solidariedade dos Trabalhadores Irlandeses e a Federação de Solidariedade dos Trabalhadores Sul Africanos (que está agora dissolvida). Por causa dessa experiência, os pontos assumem um entendimento comum do que é o anarquismo. O livro 'Anarquismo' de Daniel Guérin contém a melhor explicação da história e da teoria anarquista nessa perspectiva.

Depois da dissolução da WSF, o WSM decidiu usar os pontos de acordo para iniciar a lista de discussão Anarchist-Platform. O propósito desta lista é de reunir anarquistas que concordam com os pontos mas também de fazer como que eles se encontrem e trabalhem juntos. Os membros da lista são supostos seguir esse programa e não esquivar (coisa comum em outras listas).

--------------- Plataforma Anarquista -------------------

Identifiquemo-nos como Anarquistas de tradição 'Plataformista' que inclui grupos e publicações como 'A Plataforma Organizacional dos Comunistas Libertários ', 'Os Amigos de Durruti' e o 'Manifesto do Comunismo Libertário'. De um modo geral, identifiquemo-nos com a prática organizacional promovida por essa tradição mas não necessariamente com tudo o que eles disseram ou fizeram. É um ponto de partida para nossa política e não um fim.

Os idéias centrais dessa tradição a qual nos identifiquemos são:

O Anarquismo será criado pela luta de classes entre a grande maioria da sociedade ( a classe trabalhadora ) e a ínfima minoria que tem o poder. Para uma revolução vitoriosa vai ser preciso que as idéias anarquistas sejam as idéias dominantes na classe trabalhadora. Isso não acontecerá espontaneamente. O nosso papel é de fazer com que as idéias anarquistas sejam as idéias dominantes.

Atuamos dentro dos sindicatos, como o nosso principal foco de atividade, quando é possível. Por isso, rejeitamos opiniões que exoneram atividade nos sindicatos. Dentro deles, lutamos em favor de estruturas democráticas típicas dos sindicatos anarco-sindicalistas como a CNT dos anos 30. Contudo, mesmo que sejam revolucionários, os sindicatos não podem substituir organizações políticas anarquistas.

Olhamos como vital a ação em lutas desempenhadas fora dos sindicatos. Isso inclui lutas contra opressões particulares, imperialismo e sem dúvida as lutas da classe trabalhadora para viver num lugar e num meio ambiente decente. A nossa estratégia geral, como com os sindicatos, é de nos envolver onde o movimento é mais importante, e dentro dele, de promover os métodos anarquistas de organização como democracia direta.

Combatemos ativamente todas as manifestações de preconceito dentro do movimento dos trabalhadores e consideremos como prioridade agir com aqueles que lutam contra o racismo, o sexismo, o sectarismo religioso e a homofóbia . Vimos o sucesso da revolução e da eliminação dessas opressões depois da revolução serem determinados pela construção de lutas no período pré revolucionário.

Combatemos o imperialismo tendo em vista o anarquismo como fim alternativo ao nacionalismo. Defendemos movimentos anti-imperialistas argumentando em favor de uma estratégia anarquista e não nacionalista.

Pensamos que existe uma necessidade, que as organizações anarquistas que concordam com estes princípios se federem numa base internacional. Contudo, acreditamos que o grau de possibilidade de federação e a quantidade de esforços a fornecer são determinados pela capacidade das organizações nacionais a conseguir que esse trabalho internacional seja uma realidade e não só um lema.

--

Para se inscrever nesta lista por favor escreva para: wsm_ireland@yahoo.com

O seu e-mail deve conter 'Anarchist Platform' no assunto e incluir:
1. Uma declaração dizendo que está de acordo com os pontos e que quere assinar a lista,
2. Uma pequena introdução que pode ser enviada na lista dizendo de onde é e a que organização pertence,
3. Especificar se quer assinar a lista ou o ëdigestí. O ëdigestí faz que só receba uma mensagem todos os três dias contendo todos os envios desse período.

AP_discuss

Escreva para ap_discuss_subscribe@onelist.com . Quando tiver assinado, envie uma pequena mensagem explicando onde não concorda com a Plataforma Anarquista.

--

URLs úteis:

Anarquismo de Daniel Guérin
http://www.geocities.com/CapitolHill/Lobby/3998/contents.html

A Plataforma Organizacional dos Comunistas Libertários
http://flag.blackened.net/revolt/platform/plat_preface.html

Amigos de Durruti
http://flag.blackened.net/revolt/debate.html#fod_debate

Manifesto do Comunismo Libertário
http://flag.blackened.net/daver/anarchism/mlc/index.html